PAULO PASCHOAL

//PAULO PASCHOAL

Paulista, radicado em Osasco, nasceu em 29 de Outubro de 1978.

Iniciou sua história na música através de sua família, sendo sua mãe pianista, e seu pai violinista com quem iniciou os estudos de violino aos 4 anos de idade.

A admiração e a vontade de tocar como o irmão mais velho, também o motivou a seguir em frente.

No seu primeiro recital como profissional, atuou ao lado da irmã que é pianista na biblioteca da Lapa.

Com 09 anos deu continuidade aos estudos em um Conservatório em Pinheiros (SP), onde concluiu o curso de violino e matérias complementares, vencendo vários concursos promovidos por aquela entidade

Prosseguiu seus estudos com os violinistas

Alberto Jaffé, Eric Lehninger e Ayrton Pinto,

com os quais deu grande ênfase ao repertório romântico e camerístico.

Estudou, também, com os renomados violinistas:

Chaim Taub,Eric Friedman, Sidney Harth e Boris Belkin.

Em sua trajetória participou de diversas “Master Class” e recebeu a orientação de

  • Dimitry Sitkovetsky(Violinista, maestro e arranjador, Russo, nasceu em Baku, Azerbaijão e cresceu em Moscou);
  • Shlomo Mintz(violinista e maestro israelita);
  • Boris Belkin(Violinista nascido na Rússia), entre outros.

Foi professor de violino do Instituto Baccarelli, que tem por objetivo a formação musical e artística de crianças e jovens de regiões carentes.

Aos 16 anos, foi Spalla da Orquestra Sinfônica de Sorocaba, onde permaneceu por três anos, e da Orquestra Sinfônica de Santo André, onde permaneceu por cinco anos.

Em 1995, aos 17 anos, venceu o Concurso para Jovens Solistas da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo.

Naipe de primeiros violinos da OSESP, onde atua há mais de 20 anos, é um dos violinistas mais respeitados do Brasil.

Como solista atuou com a:

  • Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo,
  • Sinfônica de Sorocaba,
  • Sinfônica de Santo André,
  • Petrobrás Pró Música
  • Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo.
  • Orquestra Filarmônica Jovem de Campos do Jordão
  • Orquestra Sinfônica do município de Rio Claro

Colaborou, ainda, com diversos grupos sinfônicos como a Orquestra Sinfônica Brasileira, no Rio de Janeiro.

Participou dos CDs das Orquestras de Câmara Banespa, Villa-Lobos, Santo André e da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo(OSESP).

Foi professor do 4º Festival de Música nas Montanhas de Poços de Caldas, em janeiro de 2003.

No ano de 2004, pensando na oportunidade que poderia proporcionar aos seus antigos alunos e na democratização da música clássica, criou a Camerata Darcos e o Quinteto Brasileiro de Cordas que pode assumir formações menores como o Quarteto de Brasileiro de Cordas e o Trio Brasil.

Camerata Darcos

Este projeto se dedica à formação de platéia para a música clássica.

Nas apresentações Paulo Paschoal interage com o público apresentando informações sobre os compositores e instrumentos o que torna a música instrumental atraente conquistando a atenção de muitos jovens.

O projeto é uma das principais ações do plano de música para os jovens instrumentistas, sendo um referencial da música erudita no Estado.

O repertório erudito vai do Barroco ao Moderno, música cigana, danças húngaras de Brahms entre outros. Já o repertório popular abrange MPB, temas de filmes que marcaram a história do cinema, jazz e choro, como no CD “Zequinha de Abreu por Paulo Paschoal”, lançado em 2012 e clássicos do rock como: Metallica, Nirvana, Guns N’Roses, Queen e The Beatles, como no mais recente trabalho “Tributo aos Beatles”.

Quinteto Brasileiro de Cordas

O grupo também foi fundado em 2004 e inclui em seu repertório, música cigana, tango, choro e arranjos de clássicos populares. O Quinteto também pode possuir formações menores como o Quarteto Brasileiro de Cordas e o Trio Brasil.

Escola de Música de Itaquera

Através da iniciativa da ACIC (Associação Corinthians Itaquera), Paulo Paschoal, está implantando a Escola de Música de Itaquera, onde serão ministrados cursos de violino, viola, violoncelo, contrabaixo entre outros instrumentos musicais.

Trabalhos solos

Niccoló Paganini

Quinteto Brasileiro de Cordas

2012 – Violino Romântico Paulo Paschoal

Zequinha de Abreu por Paulo Paschoal

Camerata Darcos Regente e Solista Paulo Paschoal

2015 – Paulo Paschoal Tributo aos Beatles

Orquestras em que Atuou como Solista

  • Orquestra Pró Musica Petrobrás
  • Orquestra de Câmara Villa-Lobos
  • Sinfônica de Sorocaba
  • Sinfônica de Santo André
  • Orquestra Sinfônica do IAD

Orquestras em que Atuou como musico

  • Escola Britten de Pratica de Orquestra – 1989
  • Orquestra Sinfônica de Sorocaba
  • Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo
  • Orquestra Sinfônica de Santo André
  • Orquestra Filarmônica de São Caetano
  • Camerata Maksoud Plaza
  • Orquestra de Câmara Banespa
  • Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto
  • Camerata Villa-Lobos

Grupos de Câmara

  • Duo violino e violão
  • Quarteto Brasileiro de Cordas
  • Quinteto Brasileiro de cordas
  • Trio com violino, piano e trompa
  • Trio com violino, piano e cello
  • Quarteto barroco – cravo, flauta, cello e violino
  • Orquestra de cordas
  • Escola Britten de Prática de Orquestra – 1989

Maestros

  • Pedro Cameron
  • Flávio florence
  • Jamil Maluf
  • Diogo Pacheco
  • Roberto Tibiriçá
  • Roberto Minczuk
  • Steplen Darlington (The Choirs of Christ Church Cathedral Oxford)
  • Jonh Neschiling
  • Eleazar de Carvalho
  • Kurt Masur (Filarmônica de New York)

Trilhas sonoras de Novelas e Filmes

Esperança (novela) – Rede Globo de TV

Os Maias (mini série) – Rede Globo de TV

Castelo Ra-Tim-Bum (o filme)

Gravou com grandes nomes da música brasileira, tais como:

  • Roberto Carlos
  • Leonardo
  • Chitãozinho e Xororó
  • Chico César
  • Guilherme Arantes
  • Zizi Possi
  • Toquinho
  • Milton Nascimento

Também dividiu o palco com ícones da cena musical brasileira:

Ney Mato Grosso e Milton Nascimento.

Trabalhos Especiais

  • DVD Tom Jobim
  • Comercial Sabonete Vinólia (Primavera /Quatro Estações – Vivaldi)
  • Comercial do 21 (Embratel)
  • New York City Ballet
  • The Rape of Lucretia (no Rio)

Turnês

  • Turnê por todas as Capitais do Brasil por patrocínio da KPMG
  • Argentina
  • Peru
  • Chile
  • México
  • EUA (20 cidades NY, Califórnia, Miami entre outras)
  • Alemanha, Suíça, Itália e Canadá

Projetos executados com patrocínios:

  • Alcoa
  • Banco 1
  • Banco do Brasil
  • Banco Pontual
  • Banco Real
  • Bancos
  • Banespa
  • Bank Boston
  • Ceterp
  • Chandon
  • Cyanamid
  • Delboni
  • Diário do Grande ABC
  • Diners Club Internacional
  • Eletropaulo
  • Firestone
  • HSBC Bamerindus
  • IBM
  • Itaú
  • KPMG
  • Maksoud Plaza
  • Nossa Caixa Nosso Banco
  • Osram
  • Petrobrás
  • Portal Terra
  • Rhodia
  • Santander
  • Schincariol
  • Sesc
  • Starrett
  • Telefônica
  • Trans-Brasil
  • Votorantin
  • Volkswagen

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.