MARCUZ RAMPAZZO (In Memoriam)

//MARCUZ RAMPAZZO (In Memoriam)

Professor, produtor musical e multi-instrumentista, Marcus Rampazzo nasceu em São Paulo, na Moóca.

Estudou teoria musical no Conservatório Ernesto Nazareth e aperfeiçoou-se no Conservatório Musical Paes de Barros.

Suas duas filhas moram em Londres por influência direta do pai.

Foi o maior colecionador de instrumentos “vintage” da América Latina. São pianos, violinos, guitarras, baixos, órgãos, sintetizadores, harpas.

Em 1976, foi idealizador da banda Beatles 4 Ever, que entrou para o livro Guiness dos Records em 2007, ao tocar todas as músicas dos Beatles por 16 horas seguidas. Em Abril de 2011, na Virada Cultural de São Paulo, o recorde aumentou. Foram 24 horas de Beatles sem parar, com o detalhe de utilizar os instrumentos confeccionados no mesmo ano em que foram produzidas as dos Beatles, ou seja, foram empregadas raras guitarras “vintage”.

Elogiado por George Harrison, Marcus é um dos músicos brasileiros que mais conhece a obra dos Beatles.

Estudou Teoria Musical no Conservatório Ernesto Nazareth.
Se aperfeiçoou no Conservatório Musical Paes de Barros. A partir daí, dedicou-se exclusivamente ao rock.
Antes de viver o papel de um Beatle, Rampazzo tocou com os irmãos Ricardo e Junior, como Os Psicodélicos.

É engenheiro de som e entende como poucos da engenharia de guitarras e teclados raros. Já consertou as cítaras de Lobão e do mutante Serginho Dias.

Entre os instrumentos que toca estão o violão, a guitarra, o baixo, o pedal Steel Guitar, a cítara indiana (instrumento de 20 cordas que emite ondas gama) , muito utilizado para meditação. Marcus Rampazzo também se esmera em aprender tocar instrumentos pouco comuns. Entre eles destaca-se uma guitarra com harpas que ressoam a cada nota, muito parecida com a usada por Jimmy Page, do grupo Led Zepelin.

Foi professor de expoentes da música brasileira, como de André Cristhovam, do titã Marcelo Fromer, e daqueles apontados como hoje os maiores produtores musicais do Brasil, Dudu Maroti e Apollo 9.

Terça-feira, dia 29/03/2016, o mundo Beatle perdeu uma de suas pessoas mais queridas e admiradas; Marcus Rampazzo.
Não temos palavras para descrever a importância desse “mestre”. Com seu imensurável talento, emocionou a todos nós trazendo vida à magnífica obra dos Beatles. Dando voz à sua guitarra, tocava com um sentimento único, tornando-se um dos maiores intérpretes de George Harrison de todos os tempos.
Ficam as lembranças de um músico excepcional, cujo mérito será eterno.
Descanse em paz, nosso George, Marcus Rampazzo.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.